terça-feira, 27 de novembro de 2007

Grupo União Sport

“A União Faz a Força”. É este o lema do “velho” União, que no dia 17 deste mês comemorou os noventa e três anos da sua fundação.
Foi no dia 17 de Novembro de 1914, em pleno período do primeiro conflito Mundial, que um pequeno grupo de determinados jovens se reuniu, para, depois de conseguidos alguns apoios, fundarem a Comissão de instalação da agremiação “Grupo União Sport”.
A primeira assembleia teve lugar na Rua de Santo António, nº 35, e foi presidida por Nicolau Colaço Pereira. A primeira Direcção, presidida por Joaquim Marques, foi eleita ainda em 1914.


O clube teve a sua primeira sede na rua das escadinhas nº 13, mas, como os jogos se realizavam no campo do rossio (no local onde agora fica a escola secundária), a sede foi mudada para uma das habitações que existiam na Praça de Touros, para que ficasse mais perto do local desportivo. Conheceu depois vários outros locais, até conseguir estar finalmente em casa própria, nas actuais instalações do estádio.



O primeiro jogo do União foi em 1915, contra o Académico de Évora, onde os de Montemor venceram os opositores, no campo do Rossio, por 1-0.
Os estatutos do clube, que já era o mais representativo da vila, foram constituídos, na Conservatória do Registo Comercial de Montemor, no dia 11 de Janeiro de 1922, e diziam, no seu artigo primeiro, que o clube tinha por fim “o desenvolvimento e prática de todos sports em geral e do foot ball em especial”.
Em Fevereiro de 1926 o União, conjuntamente com o Lusitano de Évora, o Juventude de Évora, o Império, o Casa Pia, e o Luso Sporting de Estremoz, tornou-se membro fundador da Associação Eborense de Desportos, que mais tarde se viria a designar “Associação de Futebol de Évora”.


A 6 de Fevereiro de 1926 o União, com a sua vontade de crescimento e de proporcionar aos seu atletas melhores condições, adquiriu à Câmara Municipal os terrenos onde viria a construir o “Estádio 1º de Maio”, e onde, mais tarde construiu também um edifício para a sua sede. O estádio seria inaugurado a 1 de Maio de 1927 num jogo onde o União foi derrotado pelo Comércio e Industria de Setúbal por 3 a 1.
O primeiro título conquistado pela equipa de futebol do União foi o de Campeão Distrital de Évora, em 1929/30, vencendo na final o Lusitano (vencedor das três primeira edições) por 2 a 1.
O União era um clube em crescimento, e, em 1932 inaugura, dentro do parque desportivo, o seu campo de ténis, dando assim oportunidade aos Montemorenses de ver, e praticar, um desporto que também era muito apreciado na época.
Muitos outros desportos, desde o atletismo à luta, do ciclismo ao ténis, têm sido apoiados e praticados pelo União, levando longe o “orgulho” e a “paixão” pelas cores do clube (que foram desde sempre, o preto – que representa a força – e o branco – que representa a lealdade e a festa). Presentemente, tal como a esmagadora maioria dos clubes e associações neste país, vive momentos de dificuldade; no entanto, a prática do futebol, desde o início a sua principal modalidade, mantém-se, e a sua equipa principal disputa (com boa prestação) o Nacional da 3ª divisão, e as equipas jovens continuam em actividade, levando o desporto à juventude da cidade.
Parabéns União por mais um aniversário!

1 comentário:

MJR disse...

Obrigado Zé por aqui trazeres o grande União, a quem deixo os meus parabéns pelo seu 93.º aniversário, cuja comemoração uma vez mais enalteceu o clube.

Boa continuação de temporada desportiva e das restantes áreas do Grupo União Sport.

Um abraço.