quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

A Escola

Este edifício, situado na esquina da Rua d’Aviz com a Av. Gago Coutinho, tem já uma longa história.
Construída, em data que não consegui apurar, mas que penso andar pelos anos do fim da primeira grande guerra, teve como primeiro destino o ensino primário masculino, deixando assim a velha escola Conde Ferreira dedicada ao ensino primário feminino.
Possuía quatro salas de aulas, e residência para o director da escola no primeiro andar.
Depois de funcionar como escola primária até meados dos anos cinquenta, do século passado, altura em que foi construída a primeira fase da actual escola primária nº1 (junto aos Irmãos de S. João de Deus), o edifício viria a albergar, em 1959, a recém criada Escola Industrial e Comercial, agora a comemorar os seus cinquenta anos de existência.


Com o crescimento do ensina industrial, rapidamente as instalações se tornaram exíguas, levando à construção de novas instalações para o ensino secundário, e o velho edifício da escola a voltar a mudar de inclinos. Desta vez é o tribunal a ocupar as instalações, de forma provisória, até à inauguração do novo edifício do Palácio da Justiça, em 1983.
Novamente desocupado, o velho edifício escolar volta mais uma vez ás suas funções de origem e acolhe o ensino pré-primário.


Para além do jardim-de-infância, funcionam ainda nas várias zonas em que o prédio foi dividido, algumas outras organizações, como o centro de reformados e idosos.

3 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO JOSÉ, BELAS FOTOGRAFIAS MUITO BEM ACPOMPANHADAS PELA BELA IMFORMAÇÃO... GOSTEI MUITO... PARABÉNS!!!
UM ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

Ana disse...

Adorei ler a história tão interessante do edifício que fotografaste nestas excelentes imagens.
As voltas que o Mundo dá como costuma dizer-se, foi escola primária, passou a secundária (escola coercial e industrial), depois funcionou lá o Tribunal e por fim voltou novamente a receber crianças, um pouco mais pequenas (idade) das que o frequentaram pela primeira vez.
E sem dúvida um relato muito pormenorizado e interessante, acompanhado pelas belas imagens do edifício.
Desejo-te um resto de um bom Domingo.
Beijinhos.

Luis Fernando Chucha disse...

A nossa escola. Que saudades dos tempos da juventude....