segunda-feira, 15 de março de 2010

Monumento a Calouste Gulbenkian


Este monumento, erigido em 1966, é uma homenagem do povo de Montemor a um homem que, através da sua Fundação, muito ajudou esta terra.
Acontece que o largo onde está instalado, que também tem o seu nome, tem sofrido, ao longo do tempo, algumas obras de requalificação, e o pequeno monumento acabou por ficar mais ou menos escondido; apenas o vemos quando conseguimos estacionar no parque que está junto, e quase “tropeçamos nele”.
A verdade é que não se vê de praticamente nenhum ponto do largo!
Talvez a colocação de mais um degrau no seu pedestal, e uma outra orientação do painel, lhe devolvesse a visibilidade e dignidade que merece.
Numa terra onde os monumentos não são muitos, devíamos valorizar maisos que existem.

1 comentário:

Ana Paula disse...

Concordo contigo, merecia estar em destaque, pelo excelente registo que fizeste dá para ver que está praticamente apoiado no chão. Também em Aveiro existe o Conservatório de Música com o nome dele, já que foi um homem que legou depois da sua morte, os seus bens para uma Fundação destinada a investir nas artes.
Beijinhos grandes,
Ana Paula