quarta-feira, 27 de maio de 2009

A Adegado Marques

A “Adega do Marques”, situada na Rua d'Aviz, é uma das velhas tabernas de Montemor que vai teimando em resistir ao passar dos anos.
Conhecida principalmente por ser a única que vendia vinho da casa, produzido na adega que ficava nas traseiras da taberna, era propriedade da família Marques dos Santos.
A casa era gerida pelo Sr. Daniel, cujo retrato ainda permanece numa das paredes, que há mais de sessenta anos a passou ao seu sobrinho Teodósio Tanganho, que ainda hoje é o homem que vai tentando manter a tradição, e a porta aberta.Claro que hoje já não vemos a Josefa Ventaneira, sentada à porta, a vender castanhas assadas, que o balcão sofreu algumas alterações, por “força do tempo”, mas, no geral, tudo se mantém como dantes, incluindo as velhas portas “tipo americano” e a simpatia de quem serve os clientes, que agora procuram cada vez menos os deliciosos petiscos que ali se podiam saborear.

3 comentários:

BELLA disse...

GOSTEI DA FACHADA, A PORTA LEMBRA OS ANTIGOS FILMES (BANG BANG - FAROESTE) E O TÍTULO MARQUES, É O SOBRENOME DE MEU PAPAI...
PARABÉNS, BJOS...Bella Maria. SP.BRASIL.

Ana disse...

A fachada da casa é bastante antiga. Um excelente registo!
Pelo nosso Portugal já são raras, os mais jovens preferem os bares nocturnos onde vão beber e ouvir música.
Beijinhos,
Ana Paula

Ezul disse...

É curioso pensar que se situa numa das ruas mais frequentadas da cidade, e que ali está, sem dar nas vistas, atraídas pelas diversas montras. É uma chamada de atenção, para que se percorram as ruas, mas com "olhos de ver"!

Ah, lembrei-me de um cãozito que ccostumava espreitar à porta da adega.